A requalificação museológica

Maria Ignez Mantovani Franco, diretora da Expomus

Doutora em Museologia pela Universidade Lusófona de Lisboa

_Maria Ignez_Sao Paulo_-® MarkusGarscha.
  • O que é uma requalificação museológica?

 

A requalificação museológica institucional propõe um programa para ativar as essências patrimoniais que possam estar desgastadas, adormecidas ou desativadas, pelo tempo ou perda de significância para a sociedade. Um programa de requalificação museológica, que deveria ser um procedimento orgânico e sistemático de um museu, por vezes se transforma numa oportunidade única e imperdível para o fortalecimento e redesenho de um novo futuro institucional.

 

  • Qual o significado da requalificação do Sítio?

 

No caso do Sítio Roberto Burle Marx essa oportunidade de requalificação significa repensar, requalificar e ampliar as lógicas de comunicação desse espaço, no plano expandido do território que o envolve - tangenciando valores sociais, patrimoniais e ambientais – o que trouxe  não só uma ressignificação local e nacional, mas também a harmonia com o momento em que o Sítio concorre ao reconhecimento como patrimônio mundial.

 

A requalificação do Sítio Roberto Burle Marx abre um celeiro de oportunidades para a instituição, quer seja no plano nacional como no internacional, na condição de referência maior da obra múltipla e orgânica de Roberto Burle Marx.

_OHL5944.jpg
Sala de cerâmica. Foto: Oscar Liberal
  • Qual a relevância de um projeto de requalificação de patrimônio cultural para a sociedade?

 

A requalificação reconecta a sociedade com o patrimônio cultural, como já dito, e também tem potencial para promover outras transformações concretas. O processo de revitalização pode ser um forte indutor da melhoria da qualidade de vida das populações que vivem na região envoltória do bem patrimonial. Ou seja,a qualificação das ações e programas museológicos podem gerar a ampliação do turismo, o surgimento de uma nova cadeia de negócios associados ao bem principal, ou seja, a cada caso podem-se desenhar polos virtuosos de desenvolvimento local e regional, que derivem da lógica principal do museu e colaborem de forma harmoniosa para a sustentabilidade da própria instituição.

_OHL2968.jpg

Cozinha da casa de Roberto Burle Marx requalificada para receber o público. Foto: Oscar Liberal

Leia as demais entrevistas com parceiros do Intermuseus no processo de Requalificação:

SRBM_BarraMarcas_Cor.png