CURSO
"AMPLIANDO SENTIDOS PARA A MEDIAÇÃO"

Em dez vídeos gravados com professoras e professores convidados, o curso traz temáticas de interesse para profissionais de museus e estudantes de museologia, educação, artes, arquitetura e paisagismo.

Os encontros, que fizeram parte de um programa de formação dos educadores do Sítio Roberto Burle Marx/Iphan, tecem relações entre a produção e atuação de Burle Marx e a arquitetura, o paisagismo e a arte moderna, ou versam sobre assuntos como as características dos museus-casa, memória e acervo, a prática do educativo em espaços culturais, as experiências de brincar e investigar a natureza, acessibilidade e educação socioambiental.

Nossos convidados foram Andrey Schlee, Eduardo Barra, Isabel Portella, Marcus de Lontra Costa,  Maria Isabel de Barros, Mário Chagas, Paolo Martins, Stela Barbieri e Vera Siqueira.

 

O curso "Ampliando sentidos para a mediação" é um dos resultados do Projeto de Requalificação do Sítio Roberto Burle Marx, realizado por Intermuseus e Sítio Roberto Burle Marx/Iphan com patrocínio do BNDES através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Inspirações I - Alimentando a prática do educativo, com Stela Barbieri

Este encontro foi dedicado a refletir sobre abordagens e contextos de mediação a partir da arte e da natureza. Foi uma conversa muito mobilizadora sobre a diversidade de abordagens educativas possíveis, considerando todos os ativos e universos presentes no Sítio Roberto Burle Marx. 

Stela Barbieri - Artista plástica, educadora, escritora e contadora de histórias, autora de 20 livros infantojuvenis e diretora do Binah Espaço de Arte.

Inspirações II - Experiências com a natureza: brincar, investigar, criar, com Maria Isabel de Barros

Este encontro foi dedicado a refletir a importância do contato com a natureza para o bem-estar e o desenvolvimento de todos e todas, e os caminhos que vêm sendo discutidos pelo Programa Criança e Natureza (Instituto Alana) para a viabilização desse reencontro, para o qual o Sítio Roberto Burle Marx é um espaço-tempo perfeito. 

Isabel Barros -  Engenheira florestal e mestre em recursos florestais, atuou em planejamento e gestão para diversos parques e organizações.  Pesquisadora da relação do papel da natureza no desenvolvimento integral das crianças, integra a equipe de coordenação do programa Criança e Natureza, do Instituto Alana.

Burle Marx e a arquitetura, com Andrey Schlee

Este encontro apresentou uma visão geral sobre a história da arquitetura brasileira, buscando retomar características principais de alguns de seus  movimentos e estilos, suas referências internacionais, e relacioná-los com as edificações existentes no Sítio Roberto Burle Marx, que incluem uma capela cuja primeira construção data do século XVII, um grande salão de festas projetado por Rubem Breitman e Haroldo Barroso Beltrão, premiado em 1963 pelo IAB e o ateliê de Burle Marx, construção mais recente do Sítio, dos anos 1980.

Andrey Schlee - Mestre e doutor em arquitetura e urbanismo, atua como professor titular da Universidade de Brasília e esteve entre 2012 e 2019 na Direção do Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização do Iphan.

Influências no paisagismo de Burle Marx, com Eduardo Barra

Encontro em que foram abordadas as produções de profissionais e escolas paisagísticas que, de alguma maneira, vemos presentes nos trabalhos de Roberto Burle Marx. Trazendo uma breve visão histórica do paisagismo e suas influências na prática do século XX, discutiu como Roberto Burle Marx realizou uma síntese única em suas produções paisagísticas, inovando e se tornando um nome referencial para o paisagismo mundial. 

Eduardo Barra - Arquiteto paisagista, pesquisador e professor, é autor de diversos projetos paisagísticos em cidades como Brasília, Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Nova Iguaçu, Rio das Ostras e Porto Velho. Arquiteto titular do Studio Eduardo Barra, onde desenvolve projetos de paisagismo, desenho urbano e recuperação ambiental.

Burle Marx, o modernista, com Vera Siqueira

Este encontro foi dedicado ao acervo artístico da Casa de Roberto Burle Marx, buscando fazer uma leitura sobre a sua personalidade e suas principais influências, os diversos contextos e diálogos presentes na sua produção artística.  Realizado como parte do programa de formação de educadores do Sítio Roberto Burle Marx.

Vera Siqueira - Mestre e doutora em história social, atua como pesquisadora no campo da história da arte brasileira, curadora e professora associada e pró-cientista da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Convergências entre ambiente, sociedade e educação, com Paolo Martins

O encontro teve como tema a educação ambiental, em especial no âmbito de um equipamento público, considerando as singularidades do Sítio Roberto Burle Marx, e como o trabalho educativo com as escolas pode ser um espaço potente para as necessárias provocações sobre as questões ambientais enfrentadas atualmente. 

Paolo Martins - biólogo e doutorando em educação, tem experiência como professor na educação básica, além de ter atuado em diversos projetos ligados à agroecologia e à educação ambiental. Desenvolve pesquisas ligadas à educação ambiental, educação popular, ecologia política e decolonialidade.

Os museus-casa, o Sítio, suas narrativas e deslumbramentos, com Mário Chagas

Este encontro foi dedicado a refletir sobre o conceito de museu-casa e o que ele pode inspirar para a concepção educativa e o desenho dos serviços e ações desenvolvidas no Sítio Roberto Burle Marx e em outros espaços de perfil semelhante. 

Mário Chagas - Poeta, museólogo, professor, mestre em memória social e doutor em ciências sociais, tem experiência nacional e internacional no campo da museologia social, dos museus sociais e comunitários, em educação museal e nas práticas sociais de memória, em política cultural e patrimônio. Foi um dos responsáveis pela elaboração Política Nacional de Museus (lançada em 2003) e um dos criadores do Sistema Brasileiro de Museus. Diretor do Museu da República, no Rio de Janeiro. 

Burle Marx e a modernidade dos anos 1950, com Isabel Portella

Este encontro tematizou as abordagens e contextos de mediação a partir da arte moderna no Brasil, de meados do século 20, relacionando o contexto artístico e cultural com a produção de Roberto Burle Marx. 

Isabel Portella -  Doutora e mestre em história e crítica da arte, desde 1992 atua em museus desenvolvendo projetos e ações em preservação e conservação. Pesquisadora de acervo e curadora da equipe do Museu da República. É também  coordenadora da Rede de Acessibilidade em Museus - RAM e vem realizando palestras sobre acessibilidade em várias instituições do Brasil.

Burle Marx e o Sítio, contextos artísticos e culturais, com Marcus de Lontra

O vídeo traz os principais temas discutidos após a realização de uma visita do convidado com os educadores pelos jardins e ambientes da casa onde viveu Roberto Burle Marx, propiciando uma discussão sobre a produção e a visão artística de Burle Marx, bem como sua inserção no modernismo internacional e brasileiro.  

​​Marcus de Lontra Costa - crítico de arte e curador independente, com experiência à frente de museus e instituições de ensino como os Museus de Arte Moderna, de Brasília, do Rio de Janeiro e de Recife. a Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Diretor da Lontra Produções Culturais.

Preservação, cultura e acessibilidade, com Isabel Portella

Este encontro teve como tema a acessibilidade e a fruição em espaços culturais, trazendo alguns exemplos de projetos de exposições que propõem diálogo entre acervos institucionais e a produção de arte contemporânea.

Isabel Portella -  Doutora e mestre em história e crítica da arte, desde 1992 atua em museus desenvolvendo projetos e ações em preservação e conservação. Pesquisadora de acervo e curadora da equipe do Museu da República. É também  coordenadora da Rede de Acessibilidade em Museus - RAM e vem realizando palestras sobre acessibilidade em várias instituições do Brasil.

banner virtual bndes.gif
SRBM_BarraMarcas_Cor.png